Relatórios

Temos os relatórios como parte fundamental de todo sistema.
De nada adianta ter o sistema mais poderoso se não for possível medir.
Classificamos os  relatórios como Negócio e Operação.

Relatórios de Negócio

São sub-classificados como Performance do Canal de Atendimento e de Negócio.

Performance do Canal de Atendimento

São indicadores da interação dos usuários com o atendimento eletrônico. Com essa informação podemos propor mudanças no fluxo para resolver mais ligações automaticamente aumentando a retenção e aliviando o callcenter.

Negócio

São indicadores de performance de vendas, adesões ou informativos.

Exemplos de relatórios de negócio:

  • Transações de cartão de crédito
  • Recarga de pré-pago
  • Venda por produto por período
  • Adesão a planos pós-pago
  • Informação de local de assistência técnica
  • Troca de senha de usuário corporativo

Relatórios de Operação

São utilizados para monitorar o sistema e o ambiente. Assim é possível tomar uma ação antes que uma degradação vire um problema real.

Exemplos de relatórios de operação:

  • Volume de chamadas a cada 30 min, diário e por período
  • Consumo de chamadas simultâneas
  • Tempo de resposta de consultas externas
  • Problemas em consultas externas
  • Consumo de espaço em disco (importante com gravações)

Exemplos de relatórios real-time e históricos.

Relatórios estatíscos Real-Time

Estatísticas

Estatísticas

Relatórios Diários para acompanhamento de volume mensal

Relatorio Diario

Relatorio Diario

Relatórios a cada 30 minutos para detalhamento de pico

Relatorio 30 minutos

Relatorio 30 minutos

Relatório de Detalhado por chamada

Relatorio Detalhado

Relatorio Detalhado